Profissional invisívelProfissional invisível

Uma das tarefas do revisor de textos é desconfiar: desconfiar da grafia do nome, da pessoa, do lugar, da informação, da data, do dado apontado e desconfiando pesquisar a informação em fontes confiáveis. Só o Google não serve. 
Dia desses num trabalho desconfiei da grafia de um nome próprio que, segundo a autora do artigo, era uma profissional ilustradora de um livro infantojuvenil. Desconfiei no primeiro momento do sobrenome: estaria correto duas letras C, seria mesmo L ao invés de I maiúsculo? Dito e feito, primeira busca já me dá resultados satisfatórios: o tal sobrenome não só estava com a grafia errada (sobrenome iniciando com L e não I) e o melhor, não era uma profissional ilustradora, mas sim um profissional ilustrador, um homem de outra nacionalidade que tinha, para nós brasileiros, um nome feminino. Mas era um homem, e um reconhecido ilustrador, e de quem seria o “erro” caso o livro fosse impresso dessa forma? Do revisor, afinal de contas o livro não passou por um revisor? Não é assim que todo mundo pensa quando encontra um erro no material impresso? Lembram-se do revisor (e do tradutor também em muitos casos) somente quando o erro aparece.
Para um texto chegar impecável ao leitor, ele passou necessariamente pelas mãos – e olhos – do revisor.
Envie seu arquivo para análise e orçamento sem compromisso. Textos literários, acadêmicos, científicos, padronização e outros serviços editoriais.
Sucesso aos que buscam qualidade em seus textos.
+55 (41) 3024 4856
+55 (41) 99785-1261 Tim ou WhatsApp
+55 (41) 99134-8375 Vivo  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Serviço especializadoServiço especializado

Envie seu arquivo para análise e orçamento sem compromisso. Textos literários, acadêmicos, científicos, padronização e outros serviços editoriais. editorial@primaverarevisaodetextos.com primaverarevisao@gmail.com +55 (41) 3024-4856 +55 (41) 99134-8375 WhatsApp